Áreas e Linhas de Pesquisa

Áreas de Concentração / Linhas de Pesquisa

Área de concentração: Regionalidade e Gestão

O Programa de Pós-Graduação em Administração da FAGEN/UFU tem como área de concentração a Regionalidade e Gestão, buscando orientar a geração de conhecimento de forma a privilegiar o estudo de identidades regionais, incluindo os seus problemas e desafios, considerando as diversidades regionais em âmbito nacional e internacional. A globalização é um fenômeno estudado de forma recorrente no campo da Administração, visto seu impacto na internacionalização e nos modelos de negócios. No entanto, a discussão emergente sobre as consequências da globalização levou a um crescente interesse nos meios acadêmicos para as questões de natureza conceitual e teórica sobre a valorização do local e do regional. A despeito desse interesse, na área de Administração, constata-se a raridade de programas de Pós-Graduação que considerem os estudos regionais.

Ao dirigir seu foco para a Regionalidade e Gestão, o PPGAdm da FAGEN/UFU busca compreender as circunstâncias sociais, culturais, econômicas e históricas que caracterizam uma região de modo a possibilitar sua comparação com outras, visto que a Regionalidade consiste em um conjunto de características que une os habitantes de uma determinada região para a criação de formas que promovam o desenvolvimento de recursos locais. Dessa maneira, entende-se que a gestão das organizações, foco de estudo do campo da Administração, não deve prescindir do conhecimento sobre a Regionalidade de modo a promover a efetiva cooperação entre os vários segmentos da sociedade civil e do governo para alcançar o desenvolvimento regional. Nesse entendimento, a Regionalidade não se resume a uma unidade geográfica, mas sim abrange ainda as relações sociais em diferentes localidades, a organização da sociedade civil, bem como sua formação histórica.

Assim, as pesquisas do PPGAdm da FAGEN/UFU devem obrigatoriamente apresentar aspectos que envolvam a Regionalidade na qual a UFU desenvolve maior influência – mesorregiões do Triângulo Mineiro, Alto Paranaíba, sul de Goiás e leste do Mato Grosso do Sul. Dessa forma, buscar-se-á desenvolver estudos que possam contribuir para ampliar o conhecimento sobre regionalidade, em suas diversas dimensões, buscando colaborar tanto no seu desenvolvimento educacional como social e econômico.

Nesse sentido, é importante ressaltar que as linhas de pesquisa foram criadas de modo a orientar a produção científica do corpo docente e discente, bem como as práticas pedagógicas associadas à formação de mestres e doutores, visando estimular a criatividade da comunidade acadêmica circunscrita nos limites estabelecidos pela estrutura curricular. As linhas de pesquisa foram desenhadas com a perspectiva de romper com os paradigmas que privilegiam a fragmentação do conhecimento, pois busca-se, com essa orientação, a interdisciplinaridade na articulação dos projetos de docentes, ultrapassando as fronteiras das áreas funcionais da Administração.

As linhas de pesquisa são apresentadas nos links abaixo: